Cysteamina

Eficácia no tratamento de melasma epidérmico.

O melasma afeta mais frequentemente as mulheres, podendo ser vista também em homens. Não há uma
causa definida, mas muitas vezes esta condição está relacionada ao uso de anticoncepcionais femininos, à
gravidez e, principalmente, à exposição solar.
O fator desencadeante é a exposição à luz ultravioleta e, até mesmo, à luz visível. Além dos fatores hormonais e da exposição aos raios solares, à predisposição genética também influencia no surgimento do melasma.
A Cysteamina é um clareador com potencial maior que a hidroquinona, é um corretor de pigmentos para
problemas de hiperpigmentação.
Naturalmente presente no corpo humano, a Cysteamina reduz a melanina na epiderme da pele, corrigindo eficazmente as marcas pigmentadas.

Resultados
– 77% de redução de pigmento de melanina.
– 90% dos usuários notaram melhorias moderadas e significativas.

Posologia
De 3 a 5%.